Vacina Antirrábica – Tudo sobre raiva e a vacina contra raiva

Vacina Antirrábica – Tudo sobre raiva e a vacina contra raiva

A raiva é uma doença seríssima e existe uma grande preocupação da vigilância sanitária quanto a prevenção e controle dela. Isso porque a raiva é uma zoonose, ou seja, uma doença que pode ser transmitida para humanos. E é fatal em quase 100% dos casos. Por isso, em alguns municípios, como São Paulo, existe até lei que estabelece que todo proprietário de cachorro e gato deve anualmente renovar a vacina antirrábica – sujeito a multa, em caso de descumprimento. Neste post, falarei sobre a raiva e sobre a vacina contra raiva, que é a sua forma de prevenção.

A doença

A raiva é uma doença causada por um vírus que compromete o sistema nervoso central do infectado. Qualquer mamífero pode ser infectado e transmitir a doença. Essa doença é considerada incurável, e pode se manifestar de maneiras diferentes: raiva furiosa, raiva muda e raiva intestinal.

Tipos
  • A raiva furiosa é o tipo mais comum: o cachorro altera seu comportamento, buscando lugares escuros e fica extremamente agitado durante os primeiros três dias. Depois, ele passa a ter perda de apetite, procura água mas não consegue bebe-la, saliva muito e fica agressivo. No quarto dia, o animal fica em estado paralítico, e pode morrer em 48 horas.
  • A raiva muda é bem parecida com a raiva furiosa, a diferença comportamental é que na primeira fase ao invés de ficar agitado, ele fica melancólico e sonolento. Os sinais de paralisia começam já na segunda fase. Agravando os sintomas com o tempo e podendo levar a morte.
  • O último tipo da raiva é o menos comum: raiva intestinal. O cachorro não apresenta sinais de agressividade nem de paralisia, na verdade, apresenta: vômitos frequentes e cólicas de dois a três dias, até falecer.
+ Veja Também:   Vistoria do Detran – Dicas para sair com o carro aprovado
Transmissão

A transmissão é dada pela saliva do animal infectado, ou seja: o animal infectado apresenta na sua saliva vírus, que podem contaminar um humano ou outro mamífero ao penetrar no organismo através da pele ou mucosas, por meio de mordedura, arranhadura ou mesmo de lambedura.

Últimos casos de raiva no Brasil e campanhas anuais contra raiva

Tanto em São Paulo como no Rio de Janeiro, a raiva, na sua forma urbana, encontra-se sob controle. O último caso registrado de um cachorro infectado morder uma pessoa foi em 1997, em São Paulo.

+ Veja Também:   Por que a Apólice de Seguro Auto é mais barato para mulher?

No Rio de Janeiro, o último caso canino foi em 1995. No Rio, segunda a vigilância sanitária, o vírus ainda circula pela cidade, sendo mantido em ambiente silvestre, principalmente em morcegos. Existem anualmente campanhas de vacina da raiva no Rio e São Paulo.

ATENÇÃO PARA MORADORES DE SÃO PAULO – Vacina antirrábica obrigatória pela lei municipal

A lei municipal 13.131, de 18 de maior de 2001, estabelece que todo dono de cachorro e gato deve vacinar seu animal com a vacina antirrábica anualmente. E deve ter registrado suas vacinas em uma carteira de vacinação com comprovantes das vacinas da raiva.

Caso o proprietário não tenha a carteira com os comprovantes de vacinação de um veterinário, ele poderá sofrer sanções, inclusive multa.

Cada município pode estabelecer suas próprias leis em relação a esta questão. Melhor checar se existe alguma lei no seu município.

De qualquer maneira, a recomendação veterinária é de vacinar o filhote juntamente com a terceira dose da vacina V8 ou V10; mais ou menos, quando o filhote tem 3 meses. E depois repetir anualmente a vacina contra raiva anualmente. Bem como a vacina múltipla! 

+ Veja Também:   Seguro de Celular e suas vantagens

+quer saber a diferença entre vacina v8 e v10? Eu explico aqui!

Essa não é apenas uma obrigação com seu cachorro e com sua família, a raiva pode ser transmitida para humanos, por isso, é uma obrigação com a sociedade toda.

Você sabia que o nosso plano de saúde pet cobre a renovação anual da vacina antirrábica?

Isso mesmo: você não precisa mais se preocupar com essa questão. Além de cobrir a renovação da vacina múltipla, consultas, exames, check-ups, além de termos planos de cobrem internações e cirurgias. São 5 planos diferentes mas todos cobre a vacina da raiva e a múltipla, urgências e emergências! Peça uma cotação!

+ Quer saber mais sobre as vacinas obrigatórias que todos cachorro ou gato deve ter? Veja aqui!

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: http://www.rio.rj.gov.br/web/vigilanciasanitaria/raiva

http://www3.prefeitura.sp.gov.br/cadlem/secretarias/negocios_juridicos/cadlem/integra.asp?alt=19052001L%20131310000%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20&secr=&depto=&descr_tipo=LEI

https://www1.folha.uol.com.br/saopaulo/2014/04/1439332-caes-e-gatos-devem-ser-vacinados-anualmente-contra-a-raiva-saiba-mais.shtml

http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/sintomas-raiva-canina/

5 (100%) 1 vote
No Comments

Post A Comment

giay nam depgiay luoi namgiay nam cong sogiay cao got nugiay the thao nu