Cachorro na praia pode? - Você Mais Seguro
17552
post-template-default,single,single-post,postid-17552,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-9.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

Cachorro na praia pode?

Cachorro na praia pode?

 Saiba que existem leis que regulam a circulação dos seus melhores amigos na cidade!

Dada a falta de divulgação, pouquíssimos donos de cachorros sabem que existe uma legislação municipal que estabelece as normas de circulação dos cães em vias públicas nas cidades, incluive cachorro na praia. Essa legislação nas principais cidades do Brasil estabelecem até mesmo multas em caso de descumprimento! Confira abaixo quais são as normas nas principais cidades do Brasil.

+ Como detectar alergia em cachorro? Alergias de alimentos

No Rio de Janeiro, por exemplo, o DECRETO n.° 29.881 de 18 de Setembro de 2008 estabelece que os cães devem andar com identificação na coleira: em particular, exige-se que seja identificado o nome do cachorro, de seu dono e o telefone de contato do dono, e também junto ao nome do proprietário deve indicar seu número de cédula de identidade e CPF. Além disso, o decreto estabelece que os proprietários devem recolher os dejetos de seus cães – caso não o façam estão sujeitos a multas. E, por fim, é proibido cachorro na praia e nas areias – também sujeito a multas em caso de descumprimento. As multas podem chegar a mais de R$2000!

+ Seu cachorro pode estar pedindo ajuda

+ Veja Também:   Tipos de Seguros PET para seu Bichano

É muito importante um acompanhamento de um veterinário de perto. Procure um plano de saúde para cachorro pois são muitas consultas e exames necessários.

Em Belo Horizonte, por exemplo, nem todos os parques municipais permitem a entrada dos animais domésticos nas suas áreas verdes – em 2015, apenas 24 dos 75 parques permitiam. Mas existe um movimento na cidade para que aumente esse número. Vale destacar, que segundo, as regras municipais estabelecidas em BH, todos devem andar de coleiras e para cães da raça pit bull exige também uso de equipamento de segurança. Não esquecendo que é sempre de responsabilidade do dono recolher os dejetos dos seus cachorros.

+ Veja Também:   Seguro de Celular e suas vantagens

+ O primeiro cachorro a gente nunca esquece

Em Curitiba, todos os cães, independente da raça, devem sempre circular pelos logradouros públicos com coleira e guia; os donos estão sujeitos a multa no caso de descumprimento. Além disso, cães da raça mastin-napolitano, bull terrier, american stafforshire, pastor alemão, rottweiler, fila, doberman e pitbull, independente do porte, devem ser conduzidos em vias públicas usando coleira, guia e focinheira.

+ Castração de cães e gatos

Por fim, em São Paulo, os cachorros devem circular nas vias públicas de coleira e guia sempre, caso contrário os proprietários estão sujeitos a multa. E, é claro, que é da responsabilidade dos donos o recolhimento dos dejetos dos seus cães. Isso é regra sempre!

+ Veja Também:   Seu cão pode estar pedindo ajuda

Fonte: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/legislacao/index.php?p=6406

Fonte: http://www.rio.rj.gov.br/dlstatic/10112/1017211/DLFE-238836.pdf/decreto2.9.8.8.1.0.8._posturasmunicipais.pdf

Fonte: http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2015/11/01/interna_gerais,703457/mais-espaco-para-os-pets.shtml

Fonte: http://www.protecaoanimal.curitiba.pr.gov.br/Multimidia/Documento/Leis/Decreto642_RacasPerigosas.pdf

No Comments

Post A Comment

giay nam depgiay luoi namgiay nam cong sogiay cao got nugiay the thao nu