Gripe Canina - Entenda - Você Mais Seguro
18102
post-template-default,single,single-post,postid-18102,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-9.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

Gripe Canina – Entenda

Gripe Canina – Entenda

A influenza canina ou gripe canina, é uma doença viral altamente contagiosa. E ao contrário do que podemos inferir do nome, a gripe canina pode infectar tanto cachorros como gatos! Por isso, você que é dono de gatos ou cachorros, deve conferir abaixo os 13 tópicos sobre a gripe canina!

  1. O vírus da gripe canina pode se manter vivo em superfícies, roupas, por até 24 horas.

Caso tenha contato com outros animais, principalmente de abrigo: limpe suas mãos, braços e troque e lave a roupa também.

  1. A transmissão ocorre da mesma forma que a nossa gripe humana: através de saliva ou secreção contaminada com o vírus.
  2. Todos os cães que tem contato com vírus são contaminados, mas apenas 80% deles apresentam sintomas.
  3. Ela é mais comum em cachorros e gatos que vivem em abrigos ou canis.
  4. Sintomas: tosse continua e persistente, congestão nasal, letargia, febre. Pode acabar tendo infecções secundárias como pneumonia.
  5. Os sintomas são muito genéricos, por isso, o veterinário para confirmar a doença deve realizar testes específicos.
  6. O tratamento varia, e vai depender de como está a saúde do seu cachorro ou gato; apenas um veterinário poderá determinar.
+ Veja Também:   Toxoplasmose, a doença do gato – Saiba mais sobre a doença, sintomas e riscos!

Mas em geral o cachorro se recupera da gripe canina depois de 2-3 semanas.

  1. O cachorro com gripe canina deve ficar isolado de qualquer contato com outros cães e gatos por 4 semanas.
  2. Existe uma vacina para gripe canina, mas ela não garante a imunidade do cachorro em relação a gripe canina; a vacina é recomendada para cachorros que vivem em canil ou abrigo. Ela, em geral, garante que os sintomas serão atenuados. Ainda não existe vacina para gripe canina para gatos.
  3. A sua higiene e da sua casa constante é uma das mais importantes formas de prevenir a doença.
  4. A melhor prevenção é através de acompanhamento veterinário regular, para detectar caso haja contaminação da doença, logo no começo; e também que seu cachorro tenha uma boa alimentação.
  5. A gripe canina tem um tratamento rápido, e viável. Mas existem registro de vítimas fatais. O dono deve ficar sempre atento a mudanças de comportamento do seu cachorro e ir regularmente ao veterinário! Apenas ele poderá ajuda-lo seja na identificação precoce de doenças, seja no tratamento ideal.
  6. Com nosso plano de saúde para cães e gatos, você tem direito a consultas clinicas eletivas, exames, renovação de vacinas (v8 e antirrábica), e Pet Nutri para garantir a dieta ideal do seu melhor amigo. Tudo para poder garantir uma vida mais saudável e longa para seu melhor amigo. Você pode saber mais em  http://vocemaisseguro.com/vacinacao-entenda-a-diferenca-entre-a-vacina-v8-e-vacina-v10/
+ Veja Também:   Como detectar alergia em cachorro? – Alergias de alimentos

 

 

 

Fonte: https://www.avma.org/KB/Resources/Reference/Pages/Canine-Influenza-Backgrounder.aspx

No Comments

Deixe uma resposta

giay nam depgiay luoi namgiay nam cong sogiay cao got nugiay the thao nu